Papa pede a pais que não condenem filhos por causa da sua orientação sexual

26 jan, 12:29

O Papa Francisco pediu a todos os pais que não condenassem os filhos que tivessem uma orientação sexual diferente das suas. O discurso foi proferido durante uma audiência geral, celebrada no Vaticano esta quarta-feira.

O pontífice apelou a todos os pais para que não se escondessem em comportamentos de condenação, independentemente da orientação sexual dos filhos e, em vez disso, que os apoiem. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados