Papa Francisco desmente rumores sobre possível renúncia e admite visita à Ucrânia e Rússia

Jornalista da Editoria de Internacional
4 jul, 14:28

O Papa Francisco admite abdicar se sentir que já não tem condições de saúde para cumprir a função. O Sumo Pontífice garante, contudo, que esse momento ainda não chegou, numa entrevista marcada também pelo anúncio de uma eventual visita a Kiev.

Europa

Mais Europa

Patrocinados