"Onde é que vou dormir? Vou morrer gelado". Konstantin sobreviveu ao ataque em Zaporizhzhia, mas com pouco ou nada ficou

5 dez 2022, 23:28

O enviado especial da CNN Portugal Sérgio Furtado esteve num dos locais mais atingidos esta segunda-feira pelos mísseis russos. Constatou o grau de destruição das casas e o desespero que vai crescendo entre os residentes. 

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados