O samurai ucraniano que viu as ondas da Nazaré como um refúgio

9 abr, 10:00

Aos 40 anos, Andrii Afanasiev confirmou que não era um soldado. Era um samurai, para quem o caminho é o que mais importa. O caminho dele trouxe-o a Portugal, refugiado de uma guerra que o coração não o deixou travar. Olena e Luna, a mulher e a filha, estão agora seguras. Mal o carro permita, vão conhecer o mar revolto que sempre o impressionou

Europa

Mais Europa

Patrocinados