“O que a investigação agora tenta apurar é qual a contrapartida”

29 set, 12:39

A Presidência do Conselho de Ministros e, mais concretamente, a secretaria-geral estão numa fase de transição e de mudanças para o antigo edifício da CGD e é nesta fase de transição que o Ministério Público optou por buscas onde sempre funcionou a Presidência do Conselho de Ministros e a secretaria-geral.

E isto acontece porque David Xavier, secretário-geral da PCM, ainda ali exerce funções e há suspeitas da prática, não de um ato isolado e de um crime que tenha sido cometido em determinada altura apenas, mas de um crime de forma reiterada, cometido nos últimos anos. Há ainda o envolvimento de outras pessoas.

De acordo com Henrique Machado, editor de Sociedade da CNN Portugal, “o que a investigação agora tenta apurar é qual a contrapartida” do alegado favorecimento de David Xavier com a aquisição para o Estado de sistemas informáticos a uma determinada empresa do norte do país.

País

Mais País

Patrocinados