"No final, serei eu ou Le Pen": a confissão de Macron a um jornalista

12 abr, 08:56

No dia seguinte às presidenciais francesas, o desaparecimento dos partidos tradicionais é evidente e resulta do avanço de Emmanuel Macron no mesmo espaço político - que fez disso um projeto pessoal.

É o que explica aos nossos enviados especiais o jornalista e autor de vários livros sobre Macron, Michaël Darmon, que desvenda também uma confissão que o presidente francês lhe deixou, poucos dias depois de ter sido eleito em 2017: no final seria ele ou Le Pen.

Europa

Mais Europa

Patrocinados