“Nem o invasor nem o país que foi invadido estão numa situação que lhes permita negociar a paz”

18 jun 2023, 15:41

Nuno Sampaio, especialista em Ciência Política, defende que “todas estas iniciativas pela paz”, com a mais recente que tem como protagonistas alguns líderes africanos, “esbarram numa realidade: nem o invasor, nem o país que foi invadido, neste momento, estão numa situação que lhes permita negociar a paz”. E explica: “nem Vladimir Putin tem os ganhos que pretendia com esta invasão, nem a Ucrânia aceita que os territórios que foram invadidos deixem de fazer parte da sua soberania”.

Europa

Mais Europa

Patrocinados