“Navalny era uma figura mais importante aqui para nós no Ocidente do que necessariamente na Rússia”

17 fev, 15:10

Tiago André Lopes considera que “Navalny era uma figura mais importante aqui para nós no Ocidente do que necessariamente na Rússia”, explicando que o opositor de Putin “não era um liberal democrático”, uma vez que, “em alguns assuntos”, concordava com a agenda do Kremlin, discordando apenas nos métodos e meio. “Não era crítico da anexação da Crimeia ou do regresso de alguns territórios da Ucrânia”, explica, dizendo que “era contra a guerra o uso militar”, sendo um crente na conquista “pela via pacífica”.

Europa

Mais Europa

Patrocinados