“Não tenho olho, posso perder a perna e tenho vários ossos partidos”. Hospital de Donetsk revela a brutalidade da guerra

21 jun, 23:36

No hospital de traumatologia de Donetsk, localidade tomada pelos separatistas há oito anos, os ferimentos que surgem têm sido cada vez mais graves devido ao intensificar da resposta armada ucraniana. Uma reportagem do jornalista Bruno Amaral de Carvalho

Europa

Mais Europa

Patrocinados