“Não tenho medo das palavras. Foi um crime político”. Montenegro ataca avanços e recuos para privatizar a TAP

1 out, 22:25

O presidente do PSD, Luís Montenegro, afirmou este domingo que o que foi feito na TAP “foi um crime político e financeiro”, considerando que a vontade do Governo de privatizar a companhia não pode passar incólume.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados