“Não são humanos, são animais”. Tinha 15 anos, saiu para comprar pão e acabou com dois tiros no peito – A história de Misha

19 out, 22:19

Em Havrilivka, na Ucrânia, o enviado especial da CNN Portugal, Sérgio Furtado, conheceu mais uma história de quem vive a guerra com a linha da frente à porta de casa. O final não é feliz. Misha tinha 15 anos e foi literalmente abatido por três tiros russos, quando não era qualquer ameaça ao exército russo, só queria comprar pão e farinha. A mãe garante agora: “Quando a guerra acabar e a Ucrânia vencer, vão provar que o Misha foi assassinado”.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados