"Não sabemos se o destino final de Kherson, pensado pela Rússia, é apenas para ganhar tempo". A análise do major-general Arnaut Moreira

29 out, 00:43

A Rússia anunciou esta sexta-feira que o processo de mobilização parcial está concluído. Zelensky duvida que assim seja. A Rússia diz também que a retirada de civis da região ocupada de Kherson também já terminou. O Reino Unido entende que a Rússia estará a usar os reservistas mobilizados precisamente a oeste do Rio Dnipro, mas Zelensky veio avisar que as tropas russas serão cercadas se ficarem em Kherson. 

O major-general Arnaut Moreira lança algumas dúvidas que considera importantes para os próximos dias. Em primeiro lugar, se a população russa retirada de Kherson constitui "o universo de toda a população", e se não terão ficado dezenas de milhares de pessoas que são pró-ucranianas. Em segundo, "não sabemos se o destino final de Kherson, pensado pela Rússia, é apenas um destino de ganhar tempo", permitindo que eventualmente as condições do inverno obriguem os ucranianos a não conseguir tomar Kherson antes desse período. 

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados