“Não podemos confundir uma árvore com a floresta”. Marcelo lembra esforço português para acolher refugiados ucranianos (mas insiste na investigação)

7 mai, 21:34

O Presidente da República considera que a imagem de Portugal não sai beliscada com a polémica criada pelo acolhimento de refugiados ucranianos por russos pró-Kremlin, nomeadamente em Setúbal. Marcelo Rebelo de Sousa insiste que esse esforço não fica em causa, apesar do caso já ter chegado à imprensa internacional. “Não podemos confundir uma árvore, ou algumas árvores, com a floresta”, afirmou. Mas deixa um aviso: “há dúvidas, investigue-se as dúvidas”.

Política

Mais Política

Patrocinados