“Não pode haver impunidade.” União Europeia debate criação de um tribunal especial para julgar os crimes de guerra na Ucrânia

23 jan, 17:07

Em Bruxelas, João Gomes Cravinho disse que a União Europeia vai viabilizar um incremento de 500 milhões de euros destinado ao mecanismo europeu de apoio à paz e ainda 45 milhões de euros para a missão europeia de assistência militar, que visa a formação de soldados ucranianos. O ministro dos Negócios Estrangeiros revelou ainda que Bruxelas está a discutir a criação de um tribunal especial para julgar crimes de guerra praticados em solo ucraniano

Governo

Mais Governo

Mais Vistos

Patrocinados