"Não me parece que as razões do atraso económico português se devam ao facto de as universidades terem nomes ingleses": Sebastião Bugalho sobre o discurso de Jorge Miranda

10 jun, 12:53

Sebastião Bugalho e Cristina Azevedo comentaram os discursos de Jorge Miranda e Marcelo Rebelo de Sousa no Dia de Portugal. O discurso do presidente da comissão organizadora das celebrações, que são divididas entre Braga e Londres, foi o menos consensual: Cristina Azevedo diz que Jorge Miranda quis salientar que é a Língua "o ponto de partida que nos define", mas Sebastião Bugalho criticou os "tópicos inusitados" da intervenção do constitucionalista, que falou sobre os erros de sintaxe na comunicação social e os nomes em Inglês de algumas universidades portuguesas

Política

Mais Política

Patrocinados