"Não havia necessidade": "É uma certa parolice portuguesa que para cada jogo esteja lá uma das três principais figuras do Estado"

Comentador
24 nov, 23:18

Bernardino Soares considera que "não havia nenhuma razão para a Assembleia da República rejeitar a ida do Presidente" do ao Catar.  O comentador da CNN Portugal lembrou que essa norma que obriga a uma autorização do parlamento para que o Presidente da República saia do país vem de 1822 e "tem a ver com a fuga da Corte para o Brasil, ficou em todas as Constituições para salvaguardar alguma situação que ponha em casa a indepedência nacional ou o funcionamento dos órgãos de soberania, não é para condicionar as decisões de diplomacia e política externa que o Presidente toma".

No entanto, neste caso concreto, Bernardino Soares afirma que "é uma certa parolice portuguesa que para cada jogo esteja lá uma das três principais figuras do Estado português. Como dizia uma figura do Herman José: não havia necessidade. O país pode estar representado de outras formas". E concluiu: "Sem dúvida que a seleção nacional merece dignidade e atenção do poder político, mas é preciso encontrar a justa medida nessas presenças".

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados