"Não há justificação possível para aquilo que vimos". Países da NATO tiveram acesso a vídeos do ataque do Hamas

Correspondente em Bruxelas
12 out, 20:20

Os países da NATO reuniram-se, em Bruxelas, para discutir o conflito no Médio Oriente. Na presença do ministro da Defesa de Israel, os aliados manifestaram-se solidários com as autoridades hebraicas, mas pediram que a resposta ao ataque do Hamas seja "proporcional" e que preserve, ao máximo, a vida de civis.

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Mais Vistos

Patrocinados