“Não é uma questão de dinheiro", é o "prestígio e afirmação pessoal” que movem Sunak

25 out, 13:20

José Filipe Pinto, professor catedrático na Universidade Lusófona, acredita que Rishi Sunak aceitou ser primeiro-ministro do Reino Unido “não por uma questão de dinheiro”, mas “de prestígio e afirmação pessoal”. O especialista em Relações Internacionais lembra o papel fulcral de Sunak, como ministro das Finanças britânicas.

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados