“Não aguentava com dores e disseram-me: não vale a pena vir”. O relato de uma grávida rejeitada nas urgências de Aveiro

5 jul, 22:14

No Hospital de Aveiro as urgências obstétricas encerram às 20:30. As grávidas que precisem de atendimento durante a madrugada têm de deslocar-se até Coimbra. Foi o que aconteceu a Carla Peralta.

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados