Mundial 2022. "Acho grave esta banalização da morte e da discriminação"

Colunista e comentador
19 nov, 21:25

Rui Santos considera que Gianni Infantino, presidente da FIFA, foi "infeliz" nas suas declarações deste sábado, ao apelidar os países ocidentais de "hipócritas" e dizer que se sente "gay" e "deficiente".

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados