Mulher que matou o marido com 85 facadas alega em tribunal que foi um “ato de sobrevivência”

11 mai, 15:35

Começou esta terça-feira o julgamento da mulher acusada de ter esfaqueado o marido, em agosto do ano passado, em Aveiro. A arguida, de 56 anos, confessou o crime, mas alegou ter agido em legítima defesa. O homem foi alvo de 85 golpes.

País

Mais País

Patrocinados