MP quer que dois alunos de Famalicão fiquem à guarda da escola. Pais falam em “perseguição”

5 jul, 22:19

No caso dos dois alunos de Famalicão que são impedidos pelos pais de frequentar a disciplina de cidadania e estão em risco de chumbar por faltas injustificadas, o Ministério Público quer que a guarda dos menores seja entregue à escola. O juiz decidiu suspender as sessões durante o período de férias, mas os pais acusam o Estado de “perseguição” e de “prepotência”.

Educação

Mais Educação

Patrocinados