MP insiste em "postura inerte e relapsa" enquanto se dá o "naufrágio da indiciação" de Costa

25 mai, 22:45

Para Francisco Rodrigues dos Santos, a classificação de António Costa como declarante é "um aborto jurídico". O ex-presidente do CDS fala de um processo penal que "começa a assemelhar-se a um insucesso penal".

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados