Morte de Navalny: Moscovo diz que Ocidente tem de encontrar provas antes de acusar a Rússia

21 fev, 00:04

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, e o embaixador da Rússia para as Nações Unidas, Vasily Nebenzya,  apontaram o dedo esta segunda-feira a vários países Ocidentais por terem culpado as autoridades russas pela morte do ativista Alexey Navalny sem quaisquer provas. A Rússia insiste em que a autópsia ainda não foi feita e recorda que é preciso esperar até pelo trabalho dos peritos. As declarações do Kremlin deixam o círculo próximo de Navalny sem resposta quanto à morte do opositor até agora. Entretanto, a mãe de Alexey Navalny regressou esta manhã à morgue onde os advogados acreditam que se encontra o corpo o ativista, sem que a tenham deixado entrar.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados