Morte de grávida: “Não seria espectável um caso desta natureza no nosso país em pleno séc. XXI”

30 ago, 19:29

Rui Nunes, presidente da Associação Portuguesa de Bioética, entende que a ministra da Saúde apresentou a demissão na sequência da morte da grávida que foi transferida do Hospital de Santa Maria para o São Francisco Xavier. Para o especialista é estranho que um caso como este tenha acontecido num país como Portugal.

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados