Ministro da Saúde lamenta "lapso" que levou grávida a fazer mais de 200 quilómetros para dar à luz em urgência que afinal estava fechada

17 jan, 21:36

O ministro da Saúde lamenta a falha do INEM que encaminhou uma grávida urgente para um serviço fechado.

Manuel Pizarro anunciou que está em curso uma investigação e que a situação não pode repetir-se.

O Presidente da República também foi muito crítico nas declarações que fez sobre o caso.

Saúde

Mais Saúde

Mais Vistos

Patrocinados