Ministério Público acusa dois iraquianos por adesão ao Estado Islâmico

5 set, 15:28

Pela primeira vez, em Portugal, o Ministério Público acusou dois homens de crimes de guerra contra as pessoas. A investigação acredita que os arguidos pertenceram aos serviços de inteligência e à polícia do Estado Islâmico entre 2014 e 2016. Os homens trabalhavam num restaurante em Lisboa e chegaram até a encontrar-se por acaso com o Presidente da República e o primeiro-ministro. 

País

Mais País

Patrocinados