Milhões de m3 de metano estão a ser libertados para o Báltico a cada hora que passa

Jornalista da Editoria de Internacional
28 set, 15:00

Sabotagem, é esta a palavra usada por um número cada vez maior de líderes da NATO para qualificar as ruturas nos gasodutos Nord Stream 1 e 2, no mar Báltico.

A presidente da Comissão Europeia concorda e avisa que qualquer tentativa de perturbar A infraestrutura energética da Europa terá "a resposta mais forte possível".

A Polónia acusa a Rússia de estar por detrás de tudo isto, mas o Kremlin diz que estas alegações são ridículas.

Europa

Mais Europa

Patrocinados