Miguel Sousa Tavares: "As situações não são exatamente comparáveis. Ser 'primeiro-ministro' da Madeira não é a mesma coisa que ser primeiro-ministro de Portugal"

25 jan, 22:02

Miguel Sousa Tavares analisa as buscas por suspeitas de corrupção e outros crimes associados que envolveram os mais altos titulares de cargos públicos e políticos na Madeira e que culminaram na detenção de três pessoas. O presidente do Governo Regional da Madeira foi constituído arguido na sequência das mesmas buscas.

Estas buscas têm sido comparadas com a Operação Influencer, que fez cair o governo de António Costa mas, para o comentador da TVI, os dois casos "não são exatamente comparáveis" e explica porquê.

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados