Mercearias estão com dificuldade em repor produtos: fornecedores "agora passam de 15 em 15 dias"

3 nov, 14:11

Atrasos devem-se ao aumento dos preços dos combustíveis e à falta de mão de obra

Economia

Mais Economia

Patrocinados