Croácia
24'
0 - 1
Albânia

Médio Oriente: "Plano partiu do próprio Netanyahu, seria inimaginável que ele agora o rejeitasse"

Jornalista freelancer, cobre o conflito entre Israel e o Hamas para a CNN Portugal a partir do Médio Oriente
2 jun, 09:21

O correspondente da CNN Portugal em Israel, Henry Galsky, explicou este domingo a complexa situação que se vive no país após a apresentação do plano para um cessar-fogo.

Os membros mais extremistas da coligação liderada por Benjamin Netanyahu fizeram saber que "caso o plano seja colocado em prática eles vão derrubar o Governo" e o líder da oposição considerou que esta "ameaça representa uma negligência à segurança nacional, aos reféns que estão sequestrados na faixa de Gaza e aos israelitas que vivem no sul e norte do pais".

Em seguida, descreveu que este é "o pior e mais promíscuo governo da história de israel".

Já a associação criada pelas famílias dos reféns lembra que o "plano partiu do próprio Netanyahu, seria inimaginável que ele agora o rejeitasse".

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Mais Vistos

Patrocinados