Médicos de família e farmacêuticos parados. Ministro da Saúde desvaloriza

Jornalista TVI e TVI24
24 jul, 13:47

O arranque da semana está marcado pela reivindicação parte dos médicos de família e farmacêuticos do Serviço Nacional de Saúde.  

A greve convocada pelo Sindicato Independente dos Médicos reclama atualizações salariais e manifesta-se contra as horas extraordinárias.

O sindicato não tem dúvida de que irá afetar os utentes. No entanto, Manuel Pizarro, Ministro da Saúde, não diz o mesmo, considerando que possa haver perturbações mas que não há dependência das horas extraordinárias. 

Saúde

Mais Saúde

Mais Vistos

Patrocinados