Martim Sousa Tavares em entrevista: o futuro com e sem Orquestra Sem Fronteiras

25 mai, 00:13

O futuro do Martim Sousa Tavares passará pela Orquestra Sem Fronteiras, agora com a motivação adicional que o prémio europeu Carlos Magno para a Juventurde lhe deu. "Vou continuar muito aguerrido e ligado a este projeto, mas também enquanto artista em nome próprio tenho projetos enquanto compositor, diretor artístico que vou levar a cabo. Entre televisão, rádio, palco e concertos vão ouvir falar de mim se quiserem."

 

Música

Mais Música

Patrocinados