Marta Temido: 1.414 dias com muitas crises e polémicas

30 ago, 13:53

Foram 1.414 dias com a pasta da Saúde e com a gestão de uma pandemia pelo meio. Marta Temido não teve uma vida fácil como ministra da Saúde, foram várias as polémicas e as crises graves no SNS, com silêncios e pedidos de desculpa pelo meio.

Chegou a ser apontada como potencial sucessora de António Costa na liderança do Partido Socialista, mas Marta Temido acabou por pedir para sair do governo, tendo anunciado a sua demissão esta terça-feira de madrugada.

Governo

Mais Governo

Patrocinados