Marcelo: "Era inevitável que Portugal fosse sancionado pela Rússia"

20 mai, 11:20

Marcelo Rebelo de Sousa salienta que todos os órgãos do poder político em Portugal condenaram, desde o primeiro momento, a invasão russa.

"A presença do primeiro-ministro aceitando um convite do primeiro-ministro ucraniano mostra que está alinhado com a Ucrânia. Era inevitável que fosse sancionado pela Rússia", afirma Marcelo Rebelo de Sousa.

PR Marcelo

Mais PR Marcelo

Patrocinados