Mais de 1.200 detidos e 40 mortos, mas mulheres continuam a manifestar-se no Irão

Jornalista TVI e TVI24
26 set, 16:22

No Irão, já morreram 40 pessoas nos protestos devido à morte de Mahsa Amini, a jovem que foi detida e morte pela polícia da moralidade. O país assiste aos maiores protestos dos últimos anos e as mulheres continuam a destapar as caras como gesto de revolta.

Ásia

Mais Ásia

Mais Vistos

Patrocinados