Macron, Scholz e Draghi em Kiev: a descrição do horror, o sistema CESAR e outros momentos de uma visita "tardia"

16 jun, 14:44

O presidente francês, o primeiro-ministro italiano e o chanceler alemão chegaram a Kiev, para uma visita de apoio aos ucranianos. Quando passam mais de três meses e meio da invasão russa. Na agenda está o apoio financeiro para a reconstrução do país e o fornecimento de armas, mas também o futuro de uma Ucrânia, membro da União Europeia. A eles juntou-se o presidente romeno 
 

Europa

Mais Europa

Patrocinados