Macron queria cordão "para evitar ascensão da União Nacional" mas acordo "chocante" mostra que "pode não acontecer"

11 jun, 19:39

O líder do partido conservador francês Republicanos apelou a uma aliança a nível nacional entre os candidatos da sua formação política e os da extrema-direita de Marine Le Pen nas eleições legislativas. 

Miguel Guedes, ex-conselheiro da embaixada de Portugal em Paris, considera esta decisão "uma quebra do cordão sanitário" que estava a ser feito à direita radical em França.

"Para uma grande parte do eleitorado é quase chocante, no sentido em que este partido é o sucessor do partido de Jacques Chirac, Nicolas Sarkozy, que sempre foram ferozes opositores de Marine Le Pen e do pai", esclarece.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados