Macron em exclusivo à CNN Portugal: "Se os franceses confiarem em mim, pretendo telefonar a Putin"

21 abr, 19:35

A poucos dias das presidenciais francesas, Emmanuel Macron explicou em resposta ao enviado-especial da CNN Portugal em França, João Póvoa Marinheiro, o que pretende fazer relativamente ao conflito na Ucrânia. 

"Se os franceses e francesas confiarem em mim, pretendo telefonar ao presidente Putin. Penso que devemos continuar vigilantes, unidos enquanto europeus e enquanto aliados, continuar o diálogo com as potências regionais não europeias e, no seio das Nações Unidas, enviar mensagens claras quanto à Rússia. Não precisamos de qualquer escalada. Queremos o cessar-fogo e a paz, mas não podemos ceder a qualquer tentativa de escalada, em particular da parte da Rússia.", disse.

Europa

Mais Europa

Patrocinados