Luto parental: “Sensibiliza qualquer pessoa. Um pai perder um filho é anti-natura”

25 nov, 11:13

O alargamento do luto parental está esta quinta-feira em discussão na Assembleia da República, depois de, em outubro, ter sido lançada uma petição pública da associação Acreditar que reuniu mais de 83 mil assinaturas.

Margarida Cruz, directora-geral da associação Acreditar, considera que este é um tema que sensibiliza todas as pessoas e sobre o qual é necessária uma reflexão nacional.

O psicólogo Rui Abrunhosa garante que cinco dias não são suficientes para um pai fazer o luto de um filho.

Família

Mais Família