Ksenia Karelina foi acusada de traição por fazer um donativo à Ucrânia. Agora está ser julgada na Rússia

21 jun, 14:17

Uma mulher de nacionalidade russa-americana está presa no país, acusada de traição, por fazer um donativo para uma organização de caridade na Ucrânia.

Uma reportagem da CNN Internacional.

Europa

Mais Europa

Patrocinados