Kiev recolhe provas de realocação forçada pelos russos, incluindo crianças

3 jun, 21:18

As autoridades ucranianas estão a investigar a retirada forçada de crianças para territórios ocupados pela Rússia como prova de genocídio. Até ao momento a Ucrânia diz que registou 15 mil casos suspeitos de crimes de guerra desde o início do conflito. 
 

Europa

Mais Europa

Patrocinados