Kiev "não deve" responder na mesma moeda ao ataque ao hospital. "Perderia o respeito de todos os países ocidentais"

9 jul, 11:11

O presidente ucraniano já prometeu responder ao ataque russo ao hospital pediátrico de Kiev. "Não devemos esperar ataques deste género", afirma o major-general Isidro de Morais Pereira, garantindo que a Ucrânia se transformaria "num perpetrador".

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados