Jovens ocupam escolas. Movimento estudantil exige fim dos combustíveis fósseis e demissão do ministro da Economia

Licenciada em Comunicação Social e Cultural, pela Universidade Católica Portuguesa. Começou o percurso profissional na ON FM, a primeira rádio visual do país, como locutora. Em 2021 abraçou o mundo da televisão. Foi no projeto mais desafiante de informação em Portugal, a CNN, que deu os primeiros passos enquanto repórter e pivô.
7 nov, 15:18

O movimento greve climática estudantil associou-se ao movimento internacional que pede o fim dos combustíveis fósseis até 2030. 

Em Lisboa, na escola artística António Arroio, parte da comunidade escolar ocupou a escola em defesa do ambiente. A jornalista Madalena Lourenço esteve no local. 

Clima

Mais Clima

Patrocinados