"Isto tem de acabar e acaba agora". Houve 322 incidentes com armas este ano em Nova Iorque

12 abr, 21:43

A hipótese do ataque no metro ser um atentado terrorista foi descartada pela polícia e pela governadora de Nova Iorque.

Aproxima-se dos tiroteios em massa que já ocorreram nos EUA, mas também coincide com um pico de incidentes na cidade, com armas envolvidas.

Só este ano, em Nova Iorque, houve 322 episódios com armas e mais de 366 pessoas foram atingidas nos primeiros quatro meses do ano. Kathy Hochul diz que esta é uma situação recorrente e que tem de acabar. 

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados