"Israel mantém estado de alerta máximo, temendo retaliações dos Houthis"

12 jan, 09:08

"Israel mantém um estado de alerta máximo, temendo retaliações dos Houthis ou de outra organização, como o Hezbollah", depois da ação conjunta dos EUA e do Reino contra alvos militares Houthis no Iémen. Henry Galsky, correspondente em Israel, sublinha que o país "considera essa resposta positiva embora não tenha nenhuma ligação a essa coligação". "Israel prepara-se apenas do ponto de vista defensivo", explica o jornalista.

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Mais Vistos

Patrocinados