Influencer condenada a dois anos de prisão no Egito por divulgar movimentos "imorais" nas redes sociais

20 abr, 15:15

No Egito, a influenciadora Salma Elshimy foi condenada a dois anos de prisão e 3.000 euros de multa por publicar nas redes sociais fotos e vídeos pessoais com insinuações e movimentos considerados imorais. E não é caso único no país.

Videos

Mais Videos

Mais Vistos

Patrocinados