Indústria do armamento está em alta. Só a Chéquia já faturou dois mil milhões de euros com a Ucrânia

Jornalista da Editoria de Internacional
24 nov, 21:36

A guerra na Ucrânia veio dar um impulso à indústria do armamento e os fabricantes da Europa de leste estão a beneficiar do conflito, graças à sua proximidade geográfica em relação à Ucrânia, à sua ligação à NATO e à qualidade reconhecida de muitos dos seus produtos.

Só a Chéquia, por exemplo, já forneceu armas e munições à Ucrânia no valor de cerca de dois mil milhões de euros.

Europa

Mais Europa

Patrocinados