"Índia insiste nos apelos à paz, mas não na condenação da Rússia"

3 mai, 12:22

A Índia, África do Sul, Senegal e Indonésia foram convidados para participarem na próxima cimeira do G7, de forma a que o mundo não se mantenha "dividido".

"É interessante porque são quatro países que fazem parte do histórico movimento dos não alinhados, um movimento que durante a Guerra Fria fazia questão de não tomar posição entre o bloco de leste e os países ocidentais, embora a proximidade fosse grande com Moscovo", disse Filipe Santos Costa, o correspondente da CNN Portugal na Ásia.

"A Índia insiste nos apelos à paz mas não na condenação da Rússia", continuou.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados