Incêndios e ataques escondidos: há mais de seis meses que a Rússia está a sabotar pontos de fornecimento de armas da NATO à Ucrânia

11 jul, 08:00

A Rússia tem realizado operações de sabotagem em todos os Estados-membros da NATO, focando-se especialmente nas linhas de abastecimento de armas para a Ucrânia e nos responsáveis por essa ajuda. Segundo esta reportagem da CNN Internacional, essas operações variam desde incêndios criminosos em armazéns ligados ao fornecimento de armas até ataques a câmaras de vigilância nos locais onde a NATO treina tropas ucranianas. O repórter da CNN Nick Payton oferece mais detalhes sobre o caso, destacando a crescente preocupação entre os membros da aliança em relação à segurança das suas infraestruturas e operações de apoio à Ucrânia.

Europa

Mais Europa

Patrocinados